o que é sindrome de burnout o que é sindrome de burnout

Você sabe o que é Síndrome de Burnout? Confira!

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Como você se relaciona com o trabalho? Nos últimos anos, muito tem se falado sobre as consequências que uma rotina árdua de trabalho pode trazer à carreira e vida pessoal de um profissional. Uma delas é a Síndrome de Burnout, que foi oficializada recentemente como síndrome crônica pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e, de acordo com a Associação Nacional de Medicina do Trabalho, atinge cerca de 30% dos trabalhadores brasileiros (Isma).

Se ainda não ouviu falar sobre ela, continue lendo esse artigo para saber o que é Síndrome de Burnout e como as empresas devem lidar com o assunto.

O que é Síndrome de Burnout?

Também conhecida como síndrome do esgotamento profissional, trata-se de um distúrbio definido pelo psicólogo alemão Herbert Freudenberger, na década de 70. Geralmente, quem sofre com a doença possui condições de trabalho desgastantes, não apenas físicas, mas principalmente emocionais.

O estresse contínuo, a longo prazo, acaba desencadeando o esgotamento, que pode inclusive evoluir para outras enfermidades mais graves, como a depressão.

Como ela se manifesta?

Por serem considerados comuns, muitas vezes os sintomas da síndrome são ignorados. Em razão disso, é importante ficar atento a eles, independente da periodicidade com que aparecem. Ajuda profissional sempre é válida e indicada mediante qualquer suspeita. Conheça alguns dos sintomas a seguir:

  • fadiga;
  • insônia;
  • alterações repentinas de humor;
  • dor de cabeça frequente;
  • dificuldade para se concentrar;
  • sentimento de incompetência e insegurança.

O diagnóstico deve ser feito por um especialista da área de saúde, que vai considerar não apenas as manifestações, mas também o histórico do paciente e sua rotina de trabalho.

Quais as consequências para as empresas?

Os desdobramentos da doença afetam não apenas o paciente, mas a empresa na qual ele trabalha. Cabe ao setor de Recursos Humanos acompanhar o comportamento dos colaboradores, com apoio dos gestores. A ajuda de psicólogos pode proporcionar um diagnóstico mais rápido e, portanto, um tratamento mais eficiente.

Naturalmente, as equipes podem perder sua produtividade, prejudicando, inconscientemente, as áreas das quais fazem parte. Essa queda pode inclusive influenciar diretamente nos índices de acidentes de trabalho.

Outro ponto relevante é o clima organizacional: se a empresa onde você trabalha realiza pesquisas de clima, essa é uma excelente oportunidade para identificar problemas como a Síndrome de Burnout. Dessa forma, as pesquisas possibilitam filtrar quais áreas são mais propensas a apresentar a enfermidade e, principalmente, definem como lidar com ela.

Como identificar colaboradores com a doença?

O RH deve ser atuante e se posicionar sempre de portas abertas para toda a organização, especialmente para ajudar em casos como esse. Os colaboradores precisam saber que o setor está à disposição para que se sintam seguros ao procurar suporte.

Quanto aos profissionais da área, esses devem ficar atentos aos sintomas e alinhados com a gestão dos setores, que são a ponte para identificar a doença e sugerir medidas que deverão ser implantadas.

Quais medidas a empresa deve tomar?

Uma das responsabilidades de qualquer empresa é proporcionar um ambiente de trabalho agradável e confortável aos seus colaboradores. A satisfação deles não é apenas essencial, é um fator que influencia diretamente na produtividade e, portanto, nos resultados da empresa.

Por essa razão, é indispensável investir em práticas que gerem engajamento entre as equipes e satisfação aos colaboradores. Isso pode incluir a promoção de atividades com foco em qualidade de vida, como a ginástica laboral, acompanhamento nutricional, Yoga, massagens e outros serviços que podem prevenir enfermidades como a Síndrome de Burnout.

Agora que já entende mais sobre o que é Síndrome de Burnout, que tal aprender como tornar o ambiente de trabalho mais feliz

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

× WHATSAPP