equilíbrio entre vida pessoal e profissional equilíbrio entre vida pessoal e profissional

4 dicas de como manter o equilíbrio entre vida pessoal e profissional

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Não é segredo que colaboradores felizes ajudam a manter um ambiente de trabalho sadio e estimulante. Além disso, são comprovadamente mais produtivos. Embora o conceito de felicidade possa variar de pessoa para pessoa, sempre passa pelo equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Contudo, muitas vezes não damos a devida importância à manutenção desse equilíbrio.

Colaboradores absorvidos pela rotina de trabalho em detrimento do lazer, do descanso e de exercícios físicos, por exemplo, têm poucas chances de experimentar a felicidade plena.

As consequências dessa prática geralmente são nocivas não apenas para a vida pessoal dos colaboradores, mas também para os resultados da empresa onde trabalham. Por isso, é essencial adotar medidas que garantam o equilíbrio ideal, como veremos a seguir.

Como manter o equilíbrio entre vida pessoal e profissional?

1. Cultive bons relacionamentos

Interagir com outras pessoas dentro e fora do ambiente de trabalho é algo inevitável. Contudo, ao mesmo tempo que algumas interações são positivas e estimulantes, outras têm o efeito contrário. Portanto, identifique os relacionamentos que merecem ser valorizados e estabeleça limites claros para não permitir que interações estressantes ou desagradáveis afetem o seu bom humor.

2. Cuide do corpo e da mente

Muitos colaboradores passam a maior parte do expediente sentados, executando tarefas repetitivas que demandam pouco ou nenhum deslocamento. Se todo esse tempo de sedentarismo e estresse não for compensado de alguma maneira, inevitavelmente surgirão problemas de saúde.

Para evitá-los, incorpore a prática de exercícios físicos à sua rotina, bem como de atividades que ajudem a eliminar o esgotamento mental.

3. Reserve tempo para a família e os amigos

Quem não consegue dedicar parte do seu tempo para conviver com a família e os amigos dificilmente terá uma vida pessoal de qualidade. Embora seja possível construir ótimos relacionamentos no ambiente de trabalho, eles nunca serão tão ricos e sinceros quanto os estabelecidos com familiares e pessoas que escolheram fazer parte da sua vida.

4. Tenha boas noites de sono

Dormir pouco provoca irritabilidade, dificuldade de concentração, perda de memória e, em longo prazo, pode desencadear enfermidades muito mais graves. Privar-se do descanso físico e mental proporcionado pelo sono por certo afetará negativamente o seu rendimento profissional e as atividades que integram sua vida pessoal.

Para evitar que isso aconteça, adote um ritual de preparação para a hora de dormir, incluindo um horário fixo para ir para a cama nos dias de semana. E lembre-se de que a qualidade do sono melhora bastante quando alguma atividade física é praticada regularmente.

Como a empresa pode ajudar?

Naturalmente, cabe a cada colaborador buscar o equilíbrio entre sua vida pessoal e profissional. Porém, nada impede que a empresa promova eventos e atividades no sentido de alertar a respeito dos benefícios decorrentes dessa busca. Não por acaso, há muito tempo, inúmeras empresas de sucesso desenvolvem programas com esse objetivo.

Trata-se de uma iniciativa que eleva o grau de engajamento dos colaboradores. Além disso, reduz as taxas de turnover e ajuda a criar um ambiente de trabalho mais harmônico e produtivo.

Ignorar a relevância do equilíbrio entre vida pessoal e profissional pode desencadear consequências graves, tanto para os colaboradores quanto para a empresa. Por isso, a melhor alternativa é adotar uma postura preventiva, conscientizando seus colaboradores a respeito do assunto.

Uma das consequências do desequilíbrio entre vida pessoal e profissional é a síndrome de burnout, que se instala silenciosamente e pode ter efeitos devastadores. Confira o nosso artigo e saiba mais sobre a síndrome e como preveni-la.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

× WHATSAPP